Alexandre Leite Rodrigues de Oliveira

Personal photo

Cargo: Professor Titular

PhD University of Campinas

Dep. BIOLOGIA ESTRUTURAL E FUNCIONAL, IB, Unicamp, Campinas, SP

alroliv@unicamp.br

Área

  • Biomédica

Linha de pesquisa

Apresentação

Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1993), mestrado em Biologia Celular e Estrutural pela Universidade Estadual de Campinas (1996) e doutorado em Biologia Celular e Estrutural pela Universidade Estadual de Campinas (1999). Fez pós doutorado no Instituto Karolinska, Suécia (2001-2003). Atualmente é Professor Titular da Universidade Estadual de Campinas. Tem experiência na área de Neurobiologia, investigando processos degenerativos e regenerativos após lesões centrais e periféricas, com ênfase nos motoneurônios medulares, sinapses e reação glial/inflamação.

Atividades de pesquisa

Presentemente, em termos de reabilitação regenerativa, o LRN atua em diferentes frentes que são complementares entre si. Dentre os componentes do processo reparativo, contemplam-se medidas que se enquadram em dois grandes grupos nomeados de medicina regenerativa e reabilitação. No primeiro (medicina regenerativa) pode-se listar o emprego de elementos terapêuticos como células tronco, matrizes/arcabouços, fármacos e tecnologias de otimização; no segundo (reabilitação), contempla-se a utilização de atividades físicas, em diferentes meios e com variados protocolos, de acordo com o quadro clínico em questão. Em relação a aplicação de tratamentos de origem celular, o LRN tem voltado seus esforços a utilização de células tronco, que são um tipo celular caracterizado por duas grandes propriedades: 1) autorrenovação e 2) diferenciação em diferentes tipos celulares. Nesse contexto, contamos com células tronco de diferentes linhagens, como as de origem embrionária e mesenquimal humana, sendo essa última, obtida a partir de diferentes sítios, como de tecido adiposo e polpa dentária. As células de origem adiposa são obtidas, por exemplo, de material dispensado em procedimentos de lipoaspiração, graças a parcerias estabelecidas com médicos e outros profissionais da área da saúde. Prova do efeito promissor das terapias celulares, nos últimos anos, o LRN publicou, em vários periódicos, os efeitos benéficos desse tipo de tratamento (Araújo et al., 2017, Spejo et al., 2018, Mozafari et al., 2018, Castro et al., 2020). Ademais, no LRN, o uso de células relacionadas ao sistema imune (terapia celular por linfócitos) em modelos de lesão nervosa também estão sendo objeto de pesquisa (Bombeiro et al., 2016, 2020). Associado ou não com a terapia celular, o LRN investiga a aplicabilidade de diferentes tipos de matrizes/arcabouços. Resultado de um campo interdisciplinar e multiprofissional, a engenharia tecidual especializou-se na produção de tecnologias que auxiliam no processo de reparação tridimensional dos tecidos. No contexto do laboratório, após avulsão radicular ou axotomia de um nervo misto, faz-se necessária uma estrutura que permita o reimplante ou a junção (coaptação) término-terminal de cotos de forma efetiva, ou seja, criando um ambiente que não somente reconecte os cotos nervosos no sítio da lesão, mas que permitam processos fisiológicos e biológicos de autorreparo, visando sempre o reestabelecimento funcional.

Atividades de ensino

Venho atuando, ao longo dos anos, em disciplinas de graduação para os cursos de Educação Física, Medicina, Física Médica, Farmácia e Fonoaudiologia. Na pós-graduação atuo na disciplina de cultura de células - NC712.

Publicações destacadas

Freria, C.M.; Zanon, R.G.; Santos, L.M.B.; Oliveira, A.L.R.; Major histocompatability complex class I expression and glial reaction influence spinal motoneuron synaptic plasticity during the course of experimental autoimmune encephalomyelitis. Journal of Comparative Neurology (1911), v.518, p. 990-1007, 2010 [ doi:10.1002/cne.22259 ]

Barbizan, Roberta; De Castro, M. V.; Rodrigues, A. C.; Barraviera, B.; Ferreira Junior, R. S.; Oliveira, Alexandre L.R.; Motor Recovery and Synaptic Preservation after Ventral Root Avulsion and Repair with a Fibrin Sealant Derived from Snake Venom. Plos One, v.8, p. e63260-, 2013 [ doi:10.1371/journal.pone.0063260 ]

Benitez, S. U.; Barbizan, Roberta; Spejo, A. B.; Ferreira Junior, R. S.; Barravieira B; Goes, A; Oliveira, A. L. R.; Synaptic plasticity and sensory-motor improvement following fibrin sealant dorsal root reimplantation and mononuclear cell therapy. Frontiers in Neuroanatomy, v.8, p. 1-, 2014 [ doi:10.3389/fnana.2014.00096 ]

Chiarotto, G. B.; Nardo, G.; Trolese, M. C.; Franca Junior, M. C.; Bendotti, C.; Oliveira, Alexandre Lr; The Emerging Role of the Major Histocompatibility Complex Class I in Amyotrophic Lateral Sclerosis. INTERNATIONAL JOURNAL OF MOLECULAR SCIENCES, v.18, p. 2298-, 2017 [ doi:10.3390/ijms18112298 ]

Chiarotto, G. B.; Cartarozzi, L.; Perez, M.; Biscola, N.; Spejo, A. B.; Gubert, F.; Franca Junior, M. C.; Otero, R. M.; Oliveira, Alexandre L.R.; Tempol improves neuroinflammation and delays motor dysfunction in a mouse model (SOD1G93A) of ALS. Journal of Neuroinflammation, v.16, p. 218-, 2019 [ doi:10.1186/s12974-019-1598-x ]